terça-feira, 3 de abril de 2012

O Centauro e o Dono da Ilha

Pessoal, hoje é dia do autor aqui no VL. Fora o post de mais cedo, temos mais um sobre autores. Essa história nos foi enviada por um colaborador, então não temos como garantir (botar a mão no fogo) a veracidade da informação, mas acredito que a pessoa dificilmente iria tão longe (e sem falar nomes) para queimar alguém (que nem é identificado). Estamos publicando e, caso a outra pessoa envolvida se identifique com a história e queira publicar a sua réplica, tanto os comentários quanto o espaço de posts está aberto.

O Centauro e o Dono da Ilha

Há mais ou menos uns dois anos, uma curiosa história aconteceu entre um Centauro e o dono de uma ilha misteriosa onde existia um diamante.
Eles eram muito amigos e ambos com seus livros no skoob, aguardavam a resposta do público. Enquanto isso, a amizade permanecia.
Nesse meio tempo, inúmeras críticas negativas surgiram sobre seu livro, além de tags desrespeitosas. Em algumas dessas críticas, detalhes impressionantes de quem muito conhecia seus passos literários e, não sendo suficiente, com direito a comparar os livros que nada tinham a ver e citando o novo livro do "Dono da Ilha", que nem havia terminado de ser escrito.
Enquanto isso, começou um burburinho de que o dono da ilha criara inúmeros perfis falsos a fim de rebater toda e qualquer crítica sobre seu trabalho. Às vezes ele ligava para o centauro, preocupado. Que sempre dizia para que relaxasse.
- Mas meu livro com três estrelas no skoob ficará queimado!
O centauro nada podia fazer.

Até que um dia o "Dono da Ilha" passou a tratar o centauro com frieza. Algo havia acontecido, mas ele dizia que não. A situação tornou-se cada vez pior até ficar monossilábica e então romper a amizade.
Mas eis que, tempos depois, através de terceiros, descobriu o que realmente havia acontecido. Fofocas virtuais e um perfil falso colocaram na cabeça do "Dono da Ilha" que o centauro havia feito inúmeras fofocas sobre ele, mas ao invés de tirar satisfações, resolveu virar-lhe a cara.

O centauro enviou-lhe um e-mail com os seguintes dizeres: "Agora sei por quê você está estranho. Fofocas e perfis virtuais... Não é a primeira nem a última vez que isso acontece comigo. Na dúvida, você poderia ter conversado comigo e tudo seria resolvido.
Nada tenho contra você."


Após enviar o e-mail, uma surpresa no dia seguinte: TODAS, MAS TODAS as resenhas negativas sobre seu livro desapareceram...

Meses depois descobriu que o "Dono da Ilha" estava com seu filme queimado, pois todos já sabiam que aqueles perfis que o defendiam acima de qualquer coisa, na verdade, era ele.
Saiu queimado e perdeu um amigo.


** Grifos nossos **

21 comentários:

  1. Não é a primeira vez que vejo esse tipo de coisa...
    Já vi autor (não sei se é o mesmo da história) que entrou em um blog que tinha feito uma resenha negativa do livro dele e escreveu um monte de comentários com perfis falsos. Claro que todo mundo percebeu e o autor ficou queimado.
    Enfim, estou gostando do "dia do autor", façam mais posts do tipo! xD

    ResponderExcluir
  2. Desculpa, mas achei a história meio confusa, eu ando mega cansada então posso ter comido bola, mas no começo da história  "
    Eles eram muito amigos e ambos com seus livros no skoob, aguardavam a resposta do público. Enquanto isso, a amizade permanecia. Nesse meio tempo, inúmeras críticas negativas surgiram sobre seu livro, além de tags desrespeitosas" 

    Seu livro de quem? Do Centauro ou do dono da ilha?

    bjks e acho que sei quem são ambos os autores.

    ResponderExcluir
  3. vergonhaliteraria3 de abril de 2012 16:36

    Oi Samantha.
    Pelo resto do texto, entendi que era o livro do Centauro. Especialmente pela parte em que ele diz que os comentários o estavam comparando ao livro "não lançado do Dono da Ilha".

    ResponderExcluir
  4. ~Hahaha, desculpe mas não consigo ler esta história sem rir. Por favor, me digam que o tal "Dona Ilha" tem 14 anos?

    Pelo amor de Deus. Não sei por que as pessoas escrevem livros se não sabem lidar com críticas.

    Coitado do Centauro, levou a culpa sem fazer, é lamentável que histórias assim se repitam.

    Muito bom esse dia do Autor, rs continuem. :)

    Camila Leite
    @sonhospontinhos
    http://sonhosentrepontinhos.comhttp://sonhosentrepontinhos.com

    ResponderExcluir
  5. Cara, eu detesto essas histórias de perfis falsos. É muito bizarro, tanto criar perfis pra se defender, quanto pra atacar. Que coisa mais forever alone...

    De onde tiraram os apelidos? Centauro? Dono da ilha? Será que tem a ver com os livros? PS: Acho muito suspeito alguém ter conseguido essas informações. Só se um dos autores divulgou, né, tem até frases dos emails o.O

    ResponderExcluir
  6. Sei quem são, conheço essa história já tem uns anos - e o centauro não foi a única vitima.

    ResponderExcluir
  7. Ah, eu fiquei curiosa, me diz quem são!!!!

    ResponderExcluir
  8. Tem poucos autores com livros sobre centauros por aí.

    ResponderExcluir
  9. Ah, fico feliz de não ter sido a única pessoa que pouco entendeu desse texto! >.< Tá mal escrito, confuso mesmo. 
    Mas concordo com o Felipe, essa mania de criar perfil falso para atacar os outros é ser muito forever alone XD e covarde também, além de imaturo.
    Mas gostei da ideia, há mesmo muito autor por aí bem metidinho que nem merecia estar no mercado...

    ResponderExcluir
  10. Eu o entendi direitinho. É que está bem seco e direto. Tem que ler atento.

    ResponderExcluir
  11. Isso para mim não é novidade, uma vez que já me envolvi em uma história do tipo. Recebi uma propaganda no Skoob sobre um livro de um autor nacional e fui ver o que as pessoas falavam sobre ele. Só encontrei elogios, diversas pessoas falando que o livro era sensacional. Comprei e o livro, li e achei beeem fraco. Então escrevi uma resenha dando os parabéns ao autor, mas disse que tinha achado o livro confuso e fraco. Ainda dei todos os motivos. Depois disso, aquelas mesmas pessoas que tinha elogiado o livro passaram a me xingar e me perseguir. Até o meu blog tentaram atingir. Amigos partiram em minha defesa e foram perseguidos também. Me acusaram de ser um perfil fake usado para por alguém que tinha muita inveja do brilhantismo do autor e que só queria denegrir o livro. 
    Salvei todas as mensagens e verifiquei todos os perfis usados. Entrei em contato com o Autor e ele disse que nada podia fazer se os fãs dele eram tão fanáticos a ponto de defender o livro com unhas e dentes. Entrei em contato com o Skoob e ameacei processá-los caso não fornecessem o IP das pessoas. Resultado: todos os perfis eram falsos e da mesma pessoa. Assim que a pessoa soube do processo, apagou tudo e se fez de morto!
    Dá para ser mais ridículo que isso??

    ResponderExcluir
  12. hummmmmm ok! Se for quem eu estou pensando, que FEIO!!! 

    ResponderExcluir
  13. Nessas horas é mais fácil colocar nomes fictícios, João e Pedro por exemplo daí fica menos confuso kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  14. Eu sei quem são! Leonardo Brum - Um Mundo Perfeito e o Gerson J.V. Couto - Hemisfério-Dorso. Esse Leonardo está com o filme queimado de tanto se promover. O Gerson é quase o Cazuza do meio literário, de tão porra-louca! 

    ResponderExcluir
  15. vergonhaliteraria20 de abril de 2012 10:01

    Cazuza do meio literário! #euri

    ResponderExcluir
  16. Cazuza do meio literário?? Putzzz!!!!

    ResponderExcluir
  17. Mas o cara zoa demais! Vira e mexe tem coisa no face dele de festas e baladas.

    ResponderExcluir
  18. Geeente... eu vi o bafafá desse livro do "dono da ilha" no skoob, mas não sabia que era tão cabeluda assim a história!! Ele me pareceu tão legal na Bienal 2011... :p

    ResponderExcluir