quinta-feira, 19 de abril de 2012

Nomes e respeito

Então.
Nesse caso, temos apenas um lado da história e não temos provas, portanto, a quem couber o chapéu, se quiser se manifestar, iremos publicar também seu lado, ok? :)

Um blogueiro nos contatou falando sobre um certo editor e criador de uma certa editora (que vamos chamar de E. da Editora A.).
Esse blogueiro nos contou que E. o contatou para "avisar" que tinha criado um evento com o mesmo nome do blog do blogueiro em questão.
Começou sendo gentil, propôs que "ainda essa semana" o blogueiro postasse dizendo que E. entrou em contato com ele, dizendo que acahava o nome do blog muito criativo e se o blogueiro "se importaria" que E. usasse no evento. Também disse para o blogueiro que falasse que gostou da ideia e apoia o evento.

Nossa, gente, vocês não acham super legal e humilde da parte de E.? Não, né.
Quando o blogueiro disse que, olha, não achava legal e que, né, não iria apoiar, a conversa tomou um rumo mais deselegante até chegar no:

"Eu entrei em contato com você por cortesia, para agirmos da melhor forma possível e também de forma que causasse menos transtorno para você, pois para mim é irrelevante, uma vez que o evento é grande e terá sua própria audiência. Já investi muito dinheiro no evento e não tenho como mudá-lo agora." E, o sempre educadíssimo... "Não perguntei a sua opinião." Ou seja, ele veio dizendo para o blogueiro postar que tinha sido consultado, a opinião tinha sido perguntado mas, na verdade, E. não queria saber do blogueiro.

Agora, não podemos discordar de uma coisa - E. criou o evento, espera-se, de boa fé, para só depois descobrir que tinha um blog com o mesmo nome, já que é uma expressão bastante comum. Mas a forma como ele lidou com o blog, pouco prepotente, não acham? Algo que traduz como... "Meu evento é incrível, você, como tem um blog qualquer, precisa dizer que apoia o meu evento, assim eu fico parecendo um cara legal por ter me importado com você e perguntado".

Quem sabe algo do gênero "Olá, eu descobri que seu blog tem o mesmo nome do meu evento. Estava pensando em uma forma de unirmos forças e não deixar desconfortável para ninguém, que tal se você falasse do evento e eu divulgasse o seu blog também no site do evento ou te desse alguma informação antecipada, para que você possa falar do evento antes dos outros?"...

Posso estar sendo exagerada, mas respeito, sem tentar tirar vantagem, seja a pessoa em questão de um meio (blog, site, editora) grande ou pequeno, não deveria ser o mínimo esperado?

33 comentários:

  1. Bom... Não vejo nenhum problema em criar o evento com o nome de um blog ou do que quer que seja. [Meu blog, por exemplo, tem o nome de uma música, e eu não consultei a autora porque é uma expressão relativamente comum.] Mas também não precisava ser arrogante desse jeito, né?

    Tô aqui curiosa pra saber que editora é essa. As únicas editoras A de que me lembro são grandes e quero acreditar que não fariam isso.

    ResponderExcluir
  2. Desde que recebi o e-mail da Editora A. eu fiquei meio assim com o nome do evento... Pra falar a verdade, como eu conheço o blog e etc, achei até que fosse alguma coisa que envolvesse o blogueiro, etc. Mas quando vi que não era, já fiquei tensa. Seilá, pode ser uma expressão comum, mas não sei se eu ficaria feliz de uma editora fazer um evento com esse nome. Na verdade, se ao menos o editor tivesse sido EDUCADO, quem sabe a gente deixaria passar? Mas fazer isso e ser mal-educado, fazer parecer que o blog e a opiniao do blogueiro não é NADA eu acho um absurdo. E, se fosse comigo, eu realmente ficaria muito, muito, mas muito puta MESMO.

    Aliás, dessa editora, tenho carinho por só algumas pessoas. E esse senhor E. realmente não é dos mais simpáticos. Falo mesmo -q

    ResponderExcluir
  3. vergonhaliteraria19 de abril de 2012 13:02

    Acho que é exatamente o ponto.
    O nome do evento é irrelevante, mas querer exigir apoio do blog para parecer bem e depois se irritar quando não ganha é absurdo demais.

    ResponderExcluir
  4. Ah não né minha gente, vamos liberar ai nomes de quem é a editora e o blog... :D

    ResponderExcluir
  5. Revirando minha mente pra lembrar de todas as editoras A. #fail

    ResponderExcluir
  6. Tem mto editor que adora ser arrogante. Sou autora independente, e adoro. Tenho total controle sobre meus livros. Mas, me registrei no Mesa do Editor pra ver se funcionava... dai apareceu varias editoras... mas, teve um que queria muito um dos meus livros, começou a quase me colocar na parede e ainda queria que eu assinasse um contrato dando a ele e a editora os direitos da obra por cinco anos. Tipo, eu comecei a responder que iria pensar, que na verdade eu não podia assinar sem consultar alguém na area juridica, etc... e ele começou a se tornar agressivo...Quando eu disse que não estava interessada, quis me tratar como lixo, mas simplesmente bloqueei o contato.

    Então, sugiro isso ao blogueiro... Ignore.

    ResponderExcluir
  7. hahaha Essa é mole, ainda mais com o Editor E. Só pensar mais um pouquinho que você descobre!

    ResponderExcluir
  8. HAHAHA Eu recebi esse email, mas no começo não liguei nome a pessoa, no caso ao blog. Que feio a atitude dele, esse cara é um abusado mesmo. Depois do que aconteceu comigo e essa editora ano passado, só de ouvir o nome dela me dá arrepios.

    Camila Leite
    @sonhospontinhos
    http://sonhosentrepontinhos.comhttp://sonhosentrepontinhos.com

    ResponderExcluir
  9. Dou um doce pra quem der dica da editora. XD

    Mas então, como disse a Cíntia, também não vejo mal nenhum criar um evento com um nome de um blog - ainda mais sendo uma expressão comum, de acordo com o que vocês disseram. Creio que ele nem precisava entrar em contato com tal blogueiro. Esse povo, viu...

    ResponderExcluir
  10. vergonhaliteraria19 de abril de 2012 14:22

    Não precisava entrar em contato. Mas tendo decidido entrar em contato, faltou educação, né? hehe

    ResponderExcluir
  11. PelamordoPai, dicas de editora gente! Estamos curiosos o.O

    ResponderExcluir
  12. tbm to me coçando pra saber quem são os envolvidos...rs

    ResponderExcluir
  13. Aconteceu algo parecido comigo. Nada a ver com o nome, mas um certo autor pediu parceria com meu blog e eu recusei, pois o livro dele não tinha nada a ver com os temas abordados no blog... Aí ele ficou nervosinho e mandou um e-mail mal-educado.
    Tem gente que simplesmente não sabe ouvir um "não"!

    ResponderExcluir
  14. Sabe, eu não me importei com o fato desse editor criar um evento e um site, com o mesmo nome do meu Blog. Mas, ele veio me contatar, dizendo que era para eu fazer um Post com mentiras. Eu falei que não faria o post, e dei minha opinião, que não seria legal dois sites com o mesmo nome. Foi aí que ele se revoltou, me falando absurdos e eu fiquei muito mal com isso tudo. Por isso, fiz a "denúncia" ao vergonha literária. Para os outros leitores verem que esse editor não é a pessoa gente fina que aparenta ser.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  15. Haha já sei o nome da editora...
    E pra falar a verdade eu nem a conhecia o.0
    Tem umas por ai que são tão absurdas, que faltam ate com a velha e boa educação.

    ResponderExcluir
  16. Maria Clara Bruno19 de abril de 2012 16:19

    Bom, o nome do blog já temos, o menino comentou lá em cima: Livros em Pauta.

    O evento já tem site: http://www.livrosempauta.com/. 
    E a editora é a ANDROSS. 

    ResponderExcluir
  17. Eu recebi o e-mail, mas nem tchum que o nome do evento era o nome do blog. Mas acho que o modo como o editor tratou a questão foi mais "QUE DESELEGANTE" (Annenberg, Sandra.)! Está cada vez mais complicado. AINDA BEM QUE EXISTEM EDITORAS QUE ESTÃO REVENDO SEUS CONCEITOS!

    ResponderExcluir
  18. POXA, descobri quem é!

    Tinha que ser ele...Ele é MUITO sem educação... Já mandei emails pra esse editor, porque um conto meu foi aceito em uma antologia da editora... Ele é MUITO sem educação...
    Desculpa repetir, mas é porque ele é insuportável...
    Você pergunta como vai ser o pagamento.. em uma semana ele te da a resposta dizendo que tem que ser IMEDIATA! Se eu soubesse antes, poderia ter arranjado o dinheiro, né? ¬¬
    E outra, eu perguntava coisas para ele, e perguntava junto uma coisa sobre como mudar um detalhe meu que ia ser publicado, ele NÃO respondia isso, somente o que interessava.. Mandei mais de 3 vezes...Bem, já ia publicar isso no meu blog mesmo, só vou esperar o lançamento do livro de contos para ver como vai ser tudo até lá.. Ai faço um post sobre como foi o lançamento, e claro, vou falar da falta de educação desse cidadão..

    ResponderExcluir
  19. Muito sensatos os comentários do pessoal.
    A expressão é realmente comum e eu não vejo problema alguma na editora utilizar esse nome para o evento. Achei até bacana que o o sr. E entrasse em contato com o blogueiro, mas quando o blogueiro não aceitou o que ele disse, ele deveria ter continuado com educação. Então, no final das contas, eu acho que o sr. editor E. perdeu a razão quando faltou com respeito, apenas isso. 

    ResponderExcluir
  20. Tem gente assim, mesmo! E tambem tem autor pedindo pra falar bem do livro dele...  ja aconteceu comigo.. Eu nao fechei a parceria!

    ResponderExcluir
  21. Então Nanie, também não me importei com o fato do nome. O que me incomodou foi a falta de educação dele. Ele simplesmente perdeu a cabeça, falou como se meu Blog não fosse nada e que eu não podia fazer nada para mudar isso.
    E antes de perder as estribeiras, ele veio me propor um acordo absurdo. Esse editor queria que eu fizesse um post no Blog dizendo que apoiava o evento e que eu não me importava no fato dele usar o mesmo nome do meu Blog no evento dele.
    Desde o início o que mais me revoltou foi esse descaso dele comigo e com meu Blog. =/

    ResponderExcluir
  22. Hora nenhuma eu achei que você agiu de forma errada. Aliás, no seu caso eu faria o mesmo (tenho certeza que você recusou a proposta absurda de forma educada). Mas falta de educação ninguém merece, né?! 
    Estou cansada dessas editoras achando que estão fazendo favor ao blog.

    ResponderExcluir
  23. Verdade, eu respondi a ele de forma educada. Falei que não concordava com a ideia, pois tenho o Blog já faz um tempo e que as pessoas associariam o termo "Livros em Pauta" ao meu Blog, mas que ficaria a critério dele decidir se ficaria com o mesmo nome ou não.  E depois disso ele perdeu a cabeça e passou me dizer diversos absurdos. A editora na qual ele trabalha faz um grande absurdo com os parceiros. Eles mandam um Email para os Blogs parceiros com o material que é para se divulgar, e sabe o que os Blogs ganham fazendo divulgação? Os nomes dos mesmo são colocados em uma lista para sortear um livro. Então é mais ou menos assim: divulgue nossos eventos e você, se tiver muita sorte, ganha alguma coisa em troca. Sério, isso é revoltante.

    ResponderExcluir
  24. Não quis me identificar :p22 de abril de 2012 12:39

    VL, mais um bafo para vocês: eu tentei parceria com essa editora A., sabe o que me responderam?
    Que para a parceria ser aceita eu tinha que fazer uma postagem divulgando um futuro livro desse editor E. e assim e somente assim eu me tornaria parceiro deles...
    não fiz o post, e não me arrependo.

    ResponderExcluir
  25.  Por isso acho importante comprar domínios. Se você tivesse registrado o termo "livros em pauta" com ".com" e ".com.br" o sujeito teria de ser mais educado contigo e talvez não tivesse tido a deselegância de registrar um evento sem antes consultar para saber se tinha algum blog, site ou qualquer coisa na rede com o mesmo nome.

    ResponderExcluir
  26. Caso bem preocupante este. Afirmar que um blog não existe por ser blogspot é algo constrangedor, e que sem julgamentos pode dar margem a várias interpretações. Mantenho meu blog no blogspot, e não quero e no momento não irei comprar domínio próprio, e nem por isso ele não existe, e nem recebe 40.000 visitas mensais!

    ResponderExcluir
  27. Meus Deus! Cumulo isso. Nada contra um evento com o nome de um blog. Mas querer que o dono do blog apoie e diante de um não agir grosseiramente é inaceitavel

    ResponderExcluir