terça-feira, 8 de maio de 2012

Debandada

Amigos e amigas, olha o veneno escorrendo aqui...

Dizem as más línguas - a minha inclusive - que uma certa editora linda, fofa e super legal anda perdendo autores em bando. Uma debandada, pode-se dizer.

Nossas fontes citaram 5 nomes de autores nacionais que deram o fora e, ainda, que esses autores insinuaram que autores novos no ramo deveriam "pesquisar bastante antes de aceitar um contrato", que deveriam ter sempre advogados conferindo contratos e que qualquer editora séria entende isso como procedimento padrão, se alguém cria caso com isso é porque tem algo a esconder.

Não achei provas. Vi algumas informações sobre alguns desses autores publicando em outras editoras, mas a informação em si só veio, sem links ou prints.

Mas, convenhamos, com uma informação tão suculenta como essa, a gente publica mesmo sem ter certeza e avisa - Ó, SÃO RUMORES  - pra ver se vocês sabem de mais alguma coisa ;)

16 comentários:

  1. Procede! É capaz que, sem autores, essa editora acabe no SUBMUNDO.

    ResponderExcluir
  2. O lance parece outro: a editora em questão faz contrato por livro, não existem autores fixos como uma equipe contratada. Parece que, apesar de autor que já foi publicado pela editora receber prioridade na avaliação do original, não há a garantia de ser publicado novamente - ele passa pela mesma avaliação que qualquer outra pessoa que envia um manuscrito. Resumindo: parece que alguns escritores tiveram projetos negados, originais que não interessam a editora em questão e - claro - estão enviando os livros inéditos para outras editoras avaliarem. Alguns, inclusive, já conseguiram e apresentaram novos projetos. Agora outros... parece que outras editoras também não se interessam, restará a publicação independente. Minha opinião, sem defender a editora nem os escritores. Mas se o escritor não foi contratado para escrever um combinado nº de livros, mesmo que seja série, a editora tem todo o direito de não gostar do original e se recusar a publicá-lo; assim como o escritor tem todo o direito de às vezes nem apresentar seu novo livro na velha editora e buscar por outra que lhe parece melhor, com contrato melhor, que distribua melhor seu livro, ou tenha uma marketing mais poderoso, etc... a questão é que esse mercado é enorme, está crescendo e evoluindo. Parece que as editoras estão olhando com mais atenção ao escritor nacional. Existem muita mais possibilidades de se publicar um livro do que há 5 anos atrás. Existem até formas independentes ou duvidosas, como editoras que aceitam qualquer coisa, desde que o escritor pague a tiragem. Enfim, liberdade e variedade nesse mundo. Não vejo como perda de autores. Vejo como sair de uma empresa e ser contratado por outra. Até porque para esse ano parece que 2 novos autores assinaram com a editora.

    ResponderExcluir
  3. Mariana Ribeiro Barbosa8 de maio de 2012 12:17

    Para bom entendedor meia palavra basta, né? hehehehe Eu concordo plenamente que é preciso consultar um bom advogado antes de assinar o contrato com a editora, independentemente de qualquer coisa. Pode acontecer de o escritor estar tão eufórico com a possível publicação, que acabe deixando esse pormenores de lado e foi o que deve ter acontecido...

    ResponderExcluir
  4. vergonhaliteraria8 de maio de 2012 12:21

    Talvez seja justamente o motivo da autora recomendar advogados. Pois "na conversa" os autores acreditaram que teriam diversos livros publicados, quando não era assim...
    SE for realmente contrato por livro, faz sentido. 

    ResponderExcluir
  5. kkkkkkkkkkkkkk captei a vossa mensagem kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Ah, sobre os detalhes do contrato, nem imagino. Apenas os escritores e a editora sabem. 

    ResponderExcluir
  7. Editora fofa? É isso mesmo, produção?

    ResponderExcluir
  8. Eu acho que sei qual editora é essa e só pelos comentários ali embaixo, acho que estou certa. Vi umas autoras comentando no twitter de que haviam saído dessa editora porque iriam procurar uma outra que respeitasse o trabalho delas e que levasse mais a sério. Achei o babado forte, rs.

    ResponderExcluir
  9. Eu acho que isso é completamente normal, a editora é quem escolhe que segue no seu barco, e afinal de contas imagino que isso devia estar no contrato. Alguns realmente não tinham tanta qualidade, outros talvez as vendas justifiquem, mas o que achei super estranho foi esse silêncio, tomar uma posição seria melhor para não levantar fofocas e meio que afasta novos autores tbm, mas como disse, cada um leva o barco pra achar melhor :D

    ResponderExcluir
  10. Acho que não é isso de não terem novos livros aceitos, viu? Todos os autores disseram querer RELANÇAR os livros lançados por essa editora por outra, e se o trabalho com os livros já lançados fosse bem feito ou ao menos o respeito pelos autores fosse o suficiente, não tentariam isso, continuariam com os livros já lançados nessa e lançariam novos em outras, mas eles querem relançar as obras.

    Aí tem ;)

    ResponderExcluir
  11. vergonhaliteraria8 de maio de 2012 18:41

    Poizé poizé poizé. Estranhíssimo...

    ResponderExcluir
  12. Isso sem tirar o fato de que a editora está dando mais valor para um livro nacional lançado esse ano que já está até sendo traduzido pro italiano. Tudo bem em ser traduzido e tals... Mas tem que dar valor nos outros também.

    ResponderExcluir
  13. Também acho que não seja isso. Até porque, há algum tempo a editora tinha publicado no blog todos os novos títulos que iriam ser publicados esse ano, inclusive dos autores nacionais. Liberaram até sinopse de alguns desses livros. Claro, o post não está mais no blog. Esse problema deve já estar acontecendo há tempos, tanto que a editora não segue mais no twitter alguns desses autores e vice-versa.

    ResponderExcluir
  14. kkkkkkkkkkkkk' Gorpo, você fez um comentário ótimo... É realmente triste perceber isto :X Realmente, as aparências enganam!

    ResponderExcluir
  15. HUAHAUHUAHUAHUHAUHAUHA UHAAH, SUBMUNDO, me estraguei de rir

    ResponderExcluir
  16.  Acho que para todo contrato você tem que consultar um advogado!! Não existe assinar contrato com editora sem ler com atenção. Para mim parece surreal, ter que avisar sobre isso. Imagino que todos saibam disso desde sempre! rsrsrs Mas, vc tem razão Mari, povo eufórico...faz loucuras!

    ResponderExcluir