segunda-feira, 11 de junho de 2012

Mata o Português


Fora os erros leves, as reticências virando mato e uma resenha curta e que, para alguém que amou tanto o livro, está bem superficial, temos aquela linda pérola... Trago. Sério? TRAGO?

(Se você ficou em dúvida leia a explicação aqui ou aqui.)

Ah, e olha a pérola do Google Imagens...




8 comentários:

  1. Luciana Tazinazzo Figueira11 de junho de 2012 12:58

    Trago... seria um trago de maconha? Porque tem que estar ALTÍSSIMO para escrever um negócio desses. 

    ResponderExcluir
  2. Ah, mas pelo menos a pessoa sabe que reticências são apenas três pontos. Outro dia, peguei um texto de um concurso literário do qual sou jurada, e a cada final de parágrafo havia um ".........". Como isso irrita!

    ResponderExcluir
  3. vergonhaliteraria11 de junho de 2012 14:30

    Se olha com atenção, a última marcação de reticências tem só dois pontos. Mas é verdade, a maioria usa milhares de pontos :/

    ResponderExcluir
  4. E a formatação do texto? Meus olhos doem só de ver.

    ResponderExcluir
  5. Luciana Tazinazzo Figueira11 de junho de 2012 14:59

    Sempre que alguém escreve "risos" numa resenha, já me dá um grande estranhamento, porque esse tipo de expressão é utilizada mais em entrevistas... Agora, escrever "rs" já é demais, eu sempre penso no Rio Grande do Sul. Qual o problema do "hahaha"

    ResponderExcluir
  6. Pois é, eu ia falar isso. Tenho preconceito com textos não justificados, confesso.

    ResponderExcluir
  7. Olha, te falar que já ouvi muita gente usar o TRAGO (que sim, está errado e não estou defendendo ninguém, não). É mais comum do que parece. Às vezes acho até que é certo "regionalismo", porque já vi muita gente de algumas cidades usando "menas", "seje" e "trago". Tudo no mesmo balaio, sabe...

    Dá vergonha. Dá vontade de ensinar o correto. Mas também dá uma preguiça... 

    ResponderExcluir
  8. vergonhaliteraria11 de junho de 2012 17:44

    Olha, talvez seje, mas só se você tiver trago menas problemas pra mim :)

    ResponderExcluir